Buscar
  • Rafael Augusto Costa

A importância de dizer "NÃO" para nossos filhos

Hoje escrevo uma DICA muito simples e importante para a educação dos seus filhos em casa. Sabemos que falar "Não" na medida certa para nossas crianças é um ato de amor, pois as estamos preparando para os "NÃOS" que o mundo vai dar a elas em muitas ocasiões futuras. Se não colocamos limites bem claros para os nossos pequenos, eles podem crescer com uma baixa tolerância a frustração e podem sofrer bastante na adolescência e vida adulta. Mas é muito importante compreender que a linguagem da criança é diferente da linguagem adulta e necessita muito mais de estímulos visuais e lúdicos para gravar as instruções.


Então montei a imagem abaixo com uma mãozinha e o símbolo de proibido. Assim, você pode imprimir e colocar em diversos pontos da casa onde o acesso da criança não é permitido (como por exemplo gavetas com utensílios de cozinha que podem ser perigosos). Esta estratégia pode ser iniciada a partir de 1 ano e meio de idade e vai até em torno de 4 anos (depende muito do desenvolvimento de cada criança, mas a partir do momento que ela demonstre uma certa compreensão do que os adultos falam, já é hora de começar este treinamento).

Instruções:

1) Imprima e recorte várias cópias deste símbolo da mãozinha com proibido.

2) Ensine a criança que aquele símbolo significa que "não pode mexer". Talvez você tenha que repetir isso diversas vezes na primeira tentativa. Para conferir se a criança assimilou, pergunte em seguida o que significa aquele símbolo. Se ela respondeu: "Não" ou "Não pode mexer", ou alguma frase parecida é hora de partir para o próximo passo. Sempre que ela acertar, faça festa!

3) Junto com a criança cole a fita adesiva atrás da figura e dê para a própria criança colar no local que ela não pode mexer. É importante que ela mesma cole a figura.

4) Após a colagem, repita muitas vezes o que aquele símbolo significa, sempre perguntando para criança por que aquele desenho está colado ali.


Todo este processo JAMAIS deve ser feito em tom impositivo, nem em forma de bronca. Deve ser uma atividade divertida e bem didática, com a voz calma e feliz, de modo que a criança se sinta protagonista em um ação que ela ache divertida. A cada vez que a criança acertar e fizer o certo é necessário fazer muita festa, cócegas, brincadeiras, palmas, entre outros. Pode ser que a criança falhe algumas vezes nos dias seguintes, mas é importante ter paciência e explicar quantas vezes for preciso, sempre da forma mais didática possível. Não se esqueça de que toda orientação que você irá fazer à criança é importante se abaixar e falar com ela no mesmo nível, tornando a comunicação e o vínculo cultural mais eficaz.

Se depois de muitas tentativas por várias semanas seu filho ou filha ainda apresentar dificuldade, leve a um Psicólogo Infantil que poderá ajudar na elaboração e desenvolvimento destas estratégias.

Espero tê-los ajudado,

Abraços, Rafael Augusto Costa Psicólogo Clínico CRP 06/104288

1 visualização

Endereço:
Clínica NuAudit
Rua Dezesseis de Dezembro, 276
 Centro, Sumaré - SP,
Em frente ao Colégio Meson

rafaelcosta.psicologo@gmail.com

Whatsapp: (19) 98295-8906

© 2020. Criado por Rafael Augusto Costa.